Informação

Chausie

Chausie


Ficha do Chausie

A raça Chausie possui aparência selvagem graças ao seu ancestral – o gato-da-selva -, mas os gatos dessa raça são amorosos e muito apegados as pessoas. Por ser uma raça hibrida, os machos Chausie costumam ser inférteis até a quarta ou quinta geração após o cruzamento com o Gato-da-selva. Atualmente as únicas raças que podem ser cruzadas na obtenção do Chausie são o Abissínio e o Domestic Shorthair.

O Chausie – a pronuncia correta é chow-see - é indicado para donos de gatos experientes, pessoas com outros animais de estimação e famílias com crianças maiores, que serão mais cuidadosas com o gato. Muitas pessoas donos de felinos deixam claro que se você não possui muita experiência com gatos, o ideal é não ter um Chausie. Por ser um hibrido, é importante pesquisar o que a lei de cada país diz, pois em alguns casos a primeira geração não pode ser criada em casa por donos comuns.

Origem

Essa raça se originou por volta de 1960, quando Gatos-da-selva foram cruzados com gatos Domestic Shorthair na intenção de se obter uma raça hibrida, resultando no Chausie. Seu nome deriva do nome em latim do Gato-da-selva, Felis chaus. O Gato-da-selva é uma espécie encontrada no Sul da Ásia até o Vietnã e do Vale do Nilo até o Mar Cáspio, que foi domesticada no Antigo Egito por seu temperamento fácil e sua incrível capacidade de caça. Cruzamentos deste gato com gatos domésticos são relatados há muito tempo, mas o Chausie só passou de fato a ser criado por humanos em 1990.

A raça Chausie foi registrada pela TICA em 1995, sendo reconhecida como Advanced New Breed em 2003. Desde o ano passado a raça recebe o status de Championship Breed. Outras associações felinas não a reconhecem ainda, mas a raça apresenta uma tendência a ser cada vez mais aceita.

Comportamento

O gato Chausie exige um tanto de atenção e tempo por parte de seus donos, principalmente em termos de brincadeiras interativas, uma vez que é bem ativo, podendo se tornar destrutivo quando entediado. A raça é conhecida por sua boa capacidade de caça e seus pulos. Um felino dessa raça é muito apegado a pessoas e amoroso com elas, mas é importante não deixa-lo perto de crianças sem supervisão, uma vez que a falta de cuidado delas pode irrita-lo. A convivência com outros animais também é possível, mas o processo deve ser gradativo.

É importante lembrar que gatos Chausie são conhecidos como corajosos e isso pode causar problemas para eles, portanto é interessante não permitir saídas para a rua. Ele é curioso, fiel e muito inteligente, podendo e devendo ser treinado para a vida doméstica, pois apesar de seu temperamento ser basicamente de um gato doméstico seu ancestral é selvagem e isso interfere em seu modo de agir. Sociável, cria fortes laços com sua família humana e não gosta de passar longos períodos sozinhos, se encaixando melhor numa casa com pessoas ativas.

Aspecto

Sua aparência é elegante e selvagem, de porte médio para grande, sendo desenvolvido para lembrar o Gato-da-Selva, combinando graça e proporção. Seu corpo é longo, alto e esbelto, do tipo atlético, claramente construído para correr e saltar. Os músculos são fortes e firmes. A cabeça é em formato de cunha modificada, com maças do rosto altas e angulares. As orelhas são largas, retas e preferencialmente apresentam tufos de pelo, são inseridas próximas e no alto da cabeça. Os olhos são medianos, ovais, levemente redondos na parte inferior e achatados na parte superior, a cor varia de verde para castanho, mas é preferível que seja amarelo ou ouro.

Sua pelagem é curta, mas longa o suficiente para apresentar ticking – várias tonalidades de cor em um mesmo pelo -, ao toque é áspero e apresenta subpelo suave e denso. A raça é aceita em três diferentes cores: preto sólido – mais suave ao toque do os demais -, cinza malhado e marrom com padrão ticked malhado. A cauda é ligeiramente curta para o comprimento do corpo do gato da raça Chausie, mas esse tamanho é variável. As pernas são médias, com músculos bem desenvolvidos, sendo as traseiras ligeiramente mais longas do que as dianteiras. Seu peito é profundo para acomodar seus pulmões, uma das características responsáveis por manter sua alta atividade e habilidades.

Cuidados específicos

A manutenção do gato Chausie é bastante simples e é composta apenas pela escovação semanal de sua pelagem para deixá-la livre de pelos mortos e com aparência saudável. Apesar de ser uma raça híbrida, ela precisa de todos os cuidados que outros gatos recebem; como idas ao veterinário e vacinação.

Saúde

Os gatos da raça Chausie são saudáveis e não apresentam qualquer problema de saúde de origem genética conhecida até o momento. É importante lembrar que a primeira geração (F1) após a hibridação tende a ter maior características selvagens do que as seguintes.

Imagem: Wilczakrew


Video: Funniest Cats - Dont try to hold back Laughter - Funny Cats Life